top of page
IMG_8267.jpg

Video comercial

Poema do livro

1.png
2.png
3.png
4.png
5.png
7.png
6.png

Processo criativo da capa

Ilustrador Francis Marques A Ilustração dos livros da Poeta Nivea Moraes Marques, é uma parceria desde o seu primeiro livro impresso. Conversamos sobre a poesia, sobre literatura e cultura em geral. Temos muitas afinidades em comum, além da afinidade familiar, que desde cedo por sermos irmãos, tivemos muitos estímulos na área artística por nossos pais.  A construção de uma composição de desenho, seja para uma pintura, escultura, gravura ou uma ilustração, passa pelo conhecimento da matéria plástica que define a expressão artística e sua semântica visual, daí a necessidade do entendimento e domínio do ilustrador sobre todo processo de criação. Começo sempre pela leitura dos manuscritos e vou anotando alguns elementos que sugerem o clima geral para imprimir no desenho aquilo que foi objeto central do livro, do universo do escritor. Só vocês pensarem nas ilustrações de Oswald Goeldi para os livros de Dostoiévski, e de Carybé para os livros de Jorge Amado, há uma troca de duas vias nas capas dos livros, entre o universo do livro e os traços dos artistas.

image.png
image.png
image.png
image.png
image.png

A partir dessas anotações começo os primeiros estudos (rabiscos) de uma maneira geral, com referências em outros ilustradores, em conjunto de imagens fotográficas, rabiscos de objetos que estão dentro desse universo do escritor, até obter um acervo considerável para uma análise da composição que nascerá futuramente.

image.png
image.png
image.png
image.png
image.png
image.png

Esses são alguns exemplos dos “rabiscos” preliminares.  Depois de separados, começo a segunda parte do processo que é a escolha dos que tem mais afinidade com o clima do livro, e assim começa outros “rabiscos” um pouco mais objetivo com elementos que estão diretamente ligados ao tema central.  Depois de definido a composição linear, começo os estudos de Claro-escuro e posteriormente a Cor.  O caminho até o resultado para a arte finalizada, é bem complexo e exige do ilustrador um arsenal de imagens e estudos no desenho para fidelizar aquilo que está na imaginação do escritor. O processo de construção de uma imagem, não se trata de “sorte” ou “genialidade”, muito menos de “inspiração divina”, mas sim de trabalho intenso e capacidade de entendimento dos fundamentos formais da representação visual e da poética que está se empregando.  Por fim o prazer de se fazer algo que gosta, algo que pode deixar para as futuras gerações, um pouco de arte dentro da própria arte nos motiva bastante. Espero que gostem e se deliciem com a linda obra da poeta Nivea Moraes Marques e minha contribuição ilustrativa para seu precioso livro.

image.png

Ilustração foi feita em Guache sobre papel cartão e finalizado digitalmente por Bruno Peres.

bottom of page